Peugeot cessa temporariamente a produção dos 308 GTi pelo WLTP

Depois do escândalo pelas emissões poluidoras dos motores a diesel EA189 do Grupo Volkswagen , as autoridades colocaram as baterias para endurecer a norma e os procedimentos de homologação.

O resultado deste trabalho foi o protocolo WLTP (Worldwide Harmonised Light Vehicles Test Procedures) que parece estar colocando alguns fabricantes nas cordas quando se trata de padronizar as emissões e o consumo de seus carros.

O processo de testar veículos leves coordenados mundialmente forçou a BMW a cessar a produção do M3 e não comercializar os modelos a gasolina da Série 7 na Europa. No Grupo Volkswagen também tem levantado temores porque forçou Porsche e Audi para analisar a produção do Cayenne e SQ5 não ser capaz de superar os ensaios de homologação.

No entanto, uma nova assinatura acaba de ser adicionada a essa lista. Neste caso, é a francesa Peugeot que sucumbiu aos encantos da WLTP como sua hot hatch 308 GTi não conseguiu superar a homologação. Aparentemente, o veterano mecânico de 1.6 litros THP de 272 HP contamina mais do que inicialmente planejado, de modo que os fabricantes da marca decidiram cessar temporariamente a produção desta versão.

Para resolver o problema, os engenheiros da Peugeot analisariam a viabilidade de incluir um filtro de partículasnessa mecânica ou, se não fosse possível, colocariam o novo bloco de 1.6 litros da família PureTech que já lançou a última geração do 508. Em todos Nesse caso, a produção será interrompida entre os meses de junho e início de outubro.

Tendo em conta que será no mês de outubro, quando a produção do Peugeot 308 GTi será retomada, podemos ter certeza que a apresentação desta atualização mecânica será realizada no próximo Salão de Paris . Além disso, nesta nomeação também pudemos testemunhar a descoberta da versão Station Wagon do novo 508 .

De qualquer forma, por enquanto, o protocolo de aprovação da WLTP não parece estar colocando grandes problemas para outras marcas, embora certamente haja novos casos de paralisação ou cessação de vendas definitivas.

Fonte: https://www.spyderrace.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *